T.: (+351) 21 774 40 22 E.: info@gomensoro.pt M.: Rua Frei Luís de Granada, 14G 1500-680 Lisboa
 
 
 
 

Pesquisa de Produtos

 
 
 
Pesquisar
‹ voltar

SM-3 Mercury Stack Gas Monitor

SM-3 Mercury Stack Gas Monitor

Equipamento para monitorização contínua das emissões (CEM) de mercúrio

 

-Aprovado por TÜV (publicado no GMBl Nº. 33/1999)
-Deteta mercúrio elementar, iónico e endurecido
-Medição contínua real (sem ciclo de medição)
-Sem químicos líquidos- sem utilização de reagentes
-Catalisador sólido sem manutenção
-Intervalo 1 ... 45; 0 ... 75; 0 ... 500 µg/m³ Hg (outros opcionais)
-Construção robusta com proteção contra corrosão
-Dimensões compactas, com funcionamento móvel possível

 

Campos de aplicação

 

O Equipamento para Monitorização Contínua das Emissões de Mercúrio SM-3 é utilizado para a monitorização contínua de mercúrio em gás de exaustão. São detetadas as formas endurecidas de mercúrio, como HgCl2, HgO, HgS e as partículas de mercúrio, bem como o mercúrio elementar

-Incineradores de resíduos municipais
-Incineradores de lamas de esgotos
-Incineradores de resíduos perigosos
-Produção de cimento
-Centrais elétricas alimentadas a carvão
-Instalações de recuperação sanitária térmica do solo
-Combustores de madeira utilizando madeira reciclada
-Fornalhas de reciclagem de metal

 

 

Princípio de funcionamento

 

Uma amostra do caudal de gás é retirada da conduta através de um sistema de amostragem aquecida. O gás é libertado através de um filtro de partículas de alta temperatura e, de seguida, entra na unidade de redução. Nesta parte do analisador, é realizada uma redução termocatalítica do mercúrio iónico e endurecido. É formado vapor de mercúrio elementar como resultado deste processo de transformação. O gás é secado num refrigerador termoelétrico sem manutenção e encaminhado para o detetor de mercúrio, onde a concentração é medida com o vulgarmente designado método de "Espetroscopia de absorção atómica (CVAAS)". A alta temperatura do filtro de entrada do gás garante que o mercúrio é termicamente totalmente desprovido de partículas e desta forma também detetado.

 

Mercury Instruments

Diagrama de fluxo esquemático do Equipamento para Monitorização Contínua das Emissões de Mercúrio SM-3

 


Caraterísticas de conceção

 

Todas as superfícies que entram em contacto com o gás de amostra são aquecidas a temperaturas >180 ºC para evitar qualquer perda da capacidade de absorção do mercúrio. A linha de amostra é de perfluoralkoxy (PFA), um material que demonstra uma interação extremamente fraca com o vapor de mercúrio. A amostragem e a redução são realizadas a temperaturas muito superiores ao ponto de condensação. Por este motivo, não é formada condensação antes de todo o mercúrio se encontrar no estado elementar. Isto minimiza o ruído de sinal e evita picos não específicos.

O SM-3 evita utilizar qualquer coletor de ouro para a pré-concentração de mercúrio, proporcionando assim uma resposta muito rápida e proporcionando resultados contínuos e em tempo real. Possíveis problemas relacionados com a contaminação da superfície de ouro são, desta forma, eliminados.

As análises simples que evitam o tratamento da amostra com químicos líquidos e evitam uma armadilha de ouro garantem uma alta fiabilidade e reduzida manutenção.

 

Fácil de utilizar

 

O SM-3 é operado através de um teclado de membrana à prova de água. Todas as entradas necessárias são selecionadas num menu completamente compreensível exibido no visor gráfico. Também é possível iniciar funções como o ajuste zero e a verificação da calibração a partir de um computador externo.

 

 

Saber mais

 
 
 
 
 
 
 

2018 (C) Gomensoro Potencial Zero